Ouve a Cidade, faz o download da App.
Ronaldo suspenso por gesto ofensivo

Ronaldo suspenso por gesto ofensivo

O português fica um jogo fora por reagir a provocações dos adeptos adversários.

O internacional português Cristiano Ronaldo foi suspenso por um jogo por fazer um gesto ofensivo em direção aos adeptos da equipa adversária durante a última partida da Liga saudita de futebol.

A suspensão foi anunciada quarta-feira à noite em Riade, capital da Arábia Saudita, onde a equipa de Cristiano Ronaldo, o Al Nassr, tinha vencido fora o Al Shabab, por 2-3, no domingo.

Num jogo a contar para a 21.ª jornada, Cristiano Ronaldo inaugurou o marcador, de penálti, aos 20 minutos, com o belga Yannick Carrasco a igualar para o Al Shabab aos 45+8, também da marca dos 11 metros.

Logo no arranque do segundo tempo, aos 47, o internacional português Otávio serviu o brasileiro Talisca, que adiantou o Al Nassr no marcador, mas os anfitriões voltaram a responder, desta feita pelo atacante canarinho Carlos Junior.

O golo da vitória surgiu só aos 87 minutos, novamente por Talisca, selando a vitória do Al Nassr, formação treinada pelo português Luís Castro.

Vídeos publicados nas redes sociais parecem mostrar o avançado português a colocar uma mão em concha na orelha e a movimentar a outra repetidamente, perto dos genitais, na direção dos adeptos do Al Shabab, treinado pelo português Vítor Pereira.

De acordo com os vídeos, na altura em que o português de 39 anos fez o gesto ofensivo, os adeptos da equipa da casa estavam a gritar “Messi”, numa referência ao futebolista argentino Lionel Messi.

Cristiano Ronaldo deverá assim falhar a próxima partida do Al Nassr, marcada para hoje, em casa, face ao Al Hazm, o último classificado da Liga saudita.

O Al Nassr é segundo classificado, com 52 pontos, menos sete do que o líder Al Hilal, que conta com dois portugueses, o treinador Jorge Jesus e o médio Rúben Neves.

Nesta temporada, Cristiano Ronaldo já leva 21 golos marcados nos 19 encontros da Liga saudita que disputou, somando mais um na Taça da Arábia Saudita, cinco na Liga dos Campeões asiáticos e 10 ao serviço da seleção portuguesa, num total de 37.

Agência Lusa

Mais Notícias