Ouve a Cidade, faz o download da App.
Portugal vence Silver League de voleibol feminino
Federação Portuguesa de Voleibol

Portugal vence Silver League de voleibol feminino

A seleção portuguesa venceu a Finlândia, por 3-1, no jogo da segunda mão da final da competição.

A seleção portuguesa de voleibol feminino conquistou hoje a European Silver League, ao vencer a Finlândia, por 3-1, no jogo da segunda mão da final da competição, levando a melhor no decisivo 'golden set'.

Num feito histórico para o voleibol português, naquele que é o primeiro título internacional ao mais alto nível da seleção feminina, as lusas tiveram uma prestação emocionante, pois após perderem o primeiro set (25-21), operaram a reviravolta no marcador, vencendo os parciais seguintes (25-22 e 25-23) e carimbando, depois, a vitória no 'golden set' (26-24).

Com este triunfo, Portugal, que nos últimos quatro anos esteve na 'final four' desta competição, conseguiu um inédito apuramento para disputar, no próximo ano, a European Gold League, o principal escalão continental da modalidade.

As comandadas do selecionado Hugo Silva, que tem um curso uma renovação da equipa, integrando seis jovens atletas a representar pela primeira vez a seleção, tinham a complicada missão de inverter a derrota caseira (3-0) frente a este adversário, sofrida na quinta-feira, no jogo disputado em Santo Tirso.

A pressão de inverter esse resultado pesou nas portuguesas no primeiro set, com a equipa a cometer alguns erros defensivos que ditaram um desaire inicial por 25-21.

Ainda assim, a formação das 'quinas' reagiu bem no parcial seguinte, arrancando a igualdade com um 25-22, o que motivou as atletas para saltarem para frente do marcador no 'set seguinte, com a uma prestação de garra culminada com 25-23 que valeu a reviravolta.

O 'golden set' acabou por ser o mais renhido de todos, mas as portuguesas mostraram frieza e coesão ao recuperarem de várias desvantagens, conseguindo impor uma sequência de seis pontos seguidos a meio do parcial e uma outra de cinco pontos consecutivos no final do duelo, para vencerem por 26-24, fixando o 3-1 final, que valeu o feito histórico.

Agência Lusa