Ouve a Cidade, faz o download da App.
De vencedor da Volta à França à falência: Bradley Wiggins não tem nada
Associated Press

De vencedor da Volta à França à falência: Bradley Wiggins não tem nada

Relato feito pelo advogado do ciclista.

Bradley Wiggins soma no currículo uma Volta à França em Bicicleta, em 2021, cinco medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze nos Jogos Olímpicos e ainda oito medalhas de ouro em Mundiais.

Hoje, com 44 anos, o ciclista está falido e nada tem de acordo com o advogado, tendo perdido as casas, as poupanças, os investimentos e vivendo da caridade de amigos que lhe oferecem habitação para poder dormir. 

Ao longo da carreira, o ciclista terá faturado 15 milhões de euros que foram sendo perdidos em investimentos e outros gastos.

Bradley Wiggins acumula 1,5 milhões de euros em dívidas e poderá ter que vender as medalhas e troféus que conquistou para pagar esse valor.

O ciclista foi declarado insolvente pelo tribunal no passado dia 3 de junho, sendo que em entrevista à BBC, no passado, revelou que a pressão da fama e da vida de ciclista profissional o tinham levado à depressão. 

Com a bicicleta, Bradley Wiggins foi o primeiro britânico a vencer a Volta à França, tendo recebido o título de "Sir", dado pela coroa britânica. 

Ruben Mateus